Quarta, 18 de Maio de 2022
24°

Poucas nuvens

Oeiras - PI

Polícia "Erro 404"

Polícia realiza operação contra sites de pirataria no Rio que serviam de servidor para o resto do país

Sites e IPTV's foram afetados em todo o país.

19/04/2022 às 19h02 Atualizada em 19/04/2022 às 19h07
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Compartilhe:
Polícia realiza operação contra sites de pirataria no Rio que serviam de servidor para o resto do país

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, em parceria com a Ancine (Agência Nacional do Cinema) deflagraram nesta terça-feira (19) uma nova ação da operação denominada "erro 404", cumprindo 13 mandados de busca e apreensão contra três sites de pirataria de TV, dois sites de streaming ilegal e um site de IPTV, em cinco cidades do Rio de Janeiro. Essas servidores distribuiam para vários outros lugares do país.

A operação 404 recebe este nome devido ao erro 404 - referente a quando uma página da internet não é encontrada - e desde 2020 já realizou diversas ações contra a pirataria no Brasil. De acordo com as investigações, os sites ilegais podem ter gerado prejuízo acima de R$ 100 milhões com a violação de direitos autorais. 

Contador preso irá responder em liberdade

O contador Bruno da Silva Guimarães foi preso em flagrante, no seu escritório, onde os policiais encontraram um computador transmitindo conteúdo pirata. Ele pagou fiança de R$ 5 mil e vai responder em liberdade. O G1 entrou em contato com a defesa, que até o momento preferiu não se manifestar. Duas outras pessoas também foram encaminhadas à delegacia da Polícia Civil do Rio de Janeiro, mas foram liberadas logo após prestar depoimento.

A Policia Civil cumpre os mandados nas cidades do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Magé, Cabo Frio e Casimiro de Abreu. Segundo as investigações, os três sites de pirataria de TV e dois sites de streaming ilegal possuiam mais de 46 milhões de acessos às suas plataformas. O delegado Pedro Brasil, da Delegacia de Repressão aos Crimes contra Propriedade Intelectual, afirma que o conteúdo era vendido ilegalmente através de pacotes, ou distribuído gratuitamente, obtendo renda através de anúncios. "De acordo com as investigações, os alvos criavam centrais de distribuição onde vendiam os pacotes clandestinamente e violavam os direitos autorais".

A Policia Civil afirma que a operação 404 segue em andamento, investigando alvos suspeito e realizando o monitoramento do conteúdo distribuído na internet.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias