Quinta, 20 de Junho de 2024
28°

Parcialmente nublado

Oeiras, PI

Dólar
R$ 5,41
Euro
R$ 5,81
Peso Arg.
R$ 0,01
Esporte Esporte

Maioria dos clubes da Série A apoia paralisação imediata do Brasileirão

Os clubes da Série A envolvidos nessa decisão são: Athletico, Botafogo, Cruzeiro, Internacional, Fortaleza, Vasco, Criciúma, Juventude, Fluminense, Atlético-GO e Cuiabá.

14/05/2024 às 07h02
Por: Pablo Carvalho Fonte: Uol
Compartilhe:
Maioria dos clubes da Série A apoia paralisação imediata do Brasileirão

Os clubes da Liga Forte União (LFU) decidiram nesta segunda-feira se posicionar de forma conjunta a favor da paralisação temporária do Brasileirão. O bloco envolve 11 times da Série A — portanto, a maioria dos 20 clubes — e pontua que o campeonato deve ser pausado imediatamente até o dia 31 de maio. O período abraça as duas próximas rodadas.

O que aconteceu

Os dirigentes participaram de uma reunião na qual debateram o cenário do Brasileirão e o pedido dos clubes gaúchos para que a competição seja interrompida, diante da calamidade no Rio Grande do Sul.

Os clubes da Série A envolvidos nessa decisão são: Athletico, Botafogo, Cruzeiro, Internacional, Fortaleza, Vasco, Criciúma, Juventude, Fluminense, Atlético-GO e Cuiabá.

Detalhe é que o Atlético-GO já tinha verbalizado apoio à continuidade do campeonato, alegando questões econômicas. Mas aceitou entrar na decisão do grupo.

O bloco dos que apoiam a paralisação sobe para 13 clubes, considerando que Grêmio e Atlético-MG apoiam a medida e não fazem parte da LFU e, sim, da Libra.

"Eu não mudei de posicionamento. Mas sou um cara de grupo. A gente caminha como grupo. Tenho que ser humilde, aceitar isso e ter um pensamento de grupo", Adson Batista, presidente do Atlético-GO, ao UOL

"Acho acertada a decisão dos 11 clubes que fazem parte da LFU. Se a CBF deferir esse pedido, teremos duas rodadas suspensas. O Galo vai se juntar a esses 11 clubes. Vamos fazer um ofício igual e encaminharemos à CBF. Será um gesto de solidariedade não só aos clubes do Rio Grande do Sul, mas a todo o povo gaúcho. É o mínimo que poderíamos fazer neste momento", Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG

E agora, CBF?

A resposta dos clubes se dá após a CBF enviar ofício pedindo posicionamento, diante de outro documento, encaminhado pelo Ministério do Esporte, solicitando a paralisação do campeonato.

Embora os clubes tenham fechado questão agora, a brecha para votação junto à CBF sobre o tema só se dará no dia 27 de maio, quando a entidade convocou o conselho técnico da Série A para debater o tema.

A dúvida passa a ser se a CBF tomará alguma decisão de imediato, contando com o posicionamento já em vigor.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, inclusive está fora do Brasil durante esta semana, participando do Congresso da Fifa, na Tailândia, onde haverá a eleição para sede da Copa do Mundo Feminina 2027. A candidatura brasileira é favorita.

O Atlético-MG ainda não formalizou apoio à paralisação junto à CBF, mas publicamente defende a pausa e afirmou ao UOL que não mudará de posição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Oeiras, PI Atualizado às 09h04 - Fonte: ClimaTempo
28°
Parcialmente nublado

Mín. 21° Máx. 36°

Sex 36°C 21°C
Sáb 35°C 23°C
Dom 35°C 24°C
Seg 35°C 23°C
Ter 37°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Enquete
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias