Quinta, 20 de Junho de 2024
34°

Tempo limpo

Oeiras, PI

Dólar
R$ 5,45
Euro
R$ 5,84
Peso Arg.
R$ 0,01
Esporte Crise no Corinthians

Crise no Corinthians: barca de diretores, patrocinador e atraso de salários

Em comunicado interno, diretoria diz que tentará regularizar os débitos relativos a maio até segunda-feira;

07/06/2024 às 21h45
Por: Pablo Carvalho Fonte: Redação Oeiras em Foco
Compartilhe:
Crise no Corinthians: barca de diretores, patrocinador e atraso de salários

O Corinthians atrasou o pagamento de salários aos funcionários do clube referentes ao mês de maio. O ge teve acesso a um comunicado enviado aos colaboradores no qual a direção promete tentar resolver os débitos até segunda-feira.

O salários deveriam ter sido depositados até esta sexta-feira, quinto dia útil do mês, mas o clube alegou “questões operacionais imprevistas” para atrasar o pagamento.

Consultado pela reportagem, o Corinthians alegou problemas de "fluxo de caixa" e afirma que deve regularizar tudo até o dia 10, reiterando o comunicado.

Em relação aos jogadores, há atrasos de direitos de imagem. Alguns casos ultrapassam dois meses.

A informação dos atrasos foi publicada pela Band e confirmada pelo ge com o comunicado recebido e a posição do clube.

No e-mail enviado aos funcionários, o Corinthians pede desculpas pelo problema.

– Gostaríamos de informar que, devido a questões operacionais imprevistas, o pagamento referente ao mês de maio sofreu um atraso – diz o comunicado.

– Estamos trabalhando diligentemente para resolver esta situação para garantir que todos os pagamentos sejam processados o mais rápido possível. Esperamos que a regularização ocorra até o dia 10/06/2024. Pedimos desculpas pelo transtorno causado e agradecemos pela compreensão e paciência – acrescenta.

A confirmação do atraso a funcionários vem horas depois de o Corinthians perder o patrocínio com a VaideBet, que anunciou a rescisão no período da manhã.

O acordo previa R$ 10 milhões mensais pelos próximos três anos e era fundamental para a saúde financeira do clube.

O presidente Augusto Melo ainda não se pronunciou sobre o ocorrido. Presente em evento na prefeitura de São Paulo nesta tarde, ele saiu sem conversar com a imprensa.

Rozallah Santoro, diretor financeiro, e Fernando Alba, diretor-adjunto de futebol, entregaram os cargos ao presidente Augusto Melo. A decisão foi tomada em conjunto pelos membros do Movimento Corinthians Grande, grupo político que dá sustentação à gestão Augusto Melo.

Esse desembarque já havia sido ensaiado no mês passado, mas na ocasião o presidente conseguiu convencer os aliados a permanecerem. Desta vez, a decisão é irreversível.

O segundo vice-presidente Armando Mendonça também faz parte do Movimento Corinthians Grande, mas permanece no cargo, já que foi eleito e não nomeado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Oeiras, PI Atualizado às 12h04 - Fonte: ClimaTempo
34°
Tempo limpo

Mín. 21° Máx. 36°

Sex 36°C 21°C
Sáb 35°C 23°C
Dom 35°C 24°C
Seg 35°C 23°C
Ter 37°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Enquete
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias